sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Novembro é quando

novembro é quando
o silêncio ajoelha
nos homens
o beijo de duas faces
comovido

(lágrima de
orvalho que
o cacimbo
esqueceu)

novembro é nem
saudade
pelos braços 
todos
acima

David Mestre

Sem comentários: