quarta-feira, 1 de maio de 2013

Três desejos para a noite

1
noctívagos vagando pelas ruas
o vosso canto mudo repetimos.
noctívagos vagando, quantas luas
quantas luas no céu não pressentimos!

2
verdianos na rua que passais
cara de lua ao céu, cara de lua,
verdianos, nas mornas que tocais,
cantai nossa saudade bela e nua.

3
canoas flutuando sobre as águas,
recortes negros dos corpos contra o céu,
vinde trazer-me a vossa quietação,
dongos sombrios, quietos, como eu.

(sou-me dongo flutuando em minhas mágoas)

Mário António



Sem comentários: