segunda-feira, 11 de março de 2013

Frustração

hoje queria ter algo de novo
(qualquer coisa de diferente
no marasmo destes dias
sempre iguais)
para te oferecer
como dádiva de carinho

hoje
um dia único na sequência
dos nossos dias sempre marcados
no formar de pensamentos
a recrear alento
para o canto de outro dia

hoje
quisera ter a graça do indefinido
a vibratilidade do oculto
e voltejar místicas expressões
na leitura de teus sonhos
de teus sonhos-meninos

mas hoje que tanto quisera ser
pesam-me as ideias
e a imaginação cansa
como ferro trabalhado
pela inspiração do ferreiro
caindo para o letargo

hoje
tenho o lúbrico dos homens
secos para o amor
divorciado interiormente
daquele saber fazer
dos dias inspirados

hoje
precisamente hoje
que tanto desejava ser

Ruy Burity da Silva

Sem comentários: