sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Purificação da ilha

entrega-nos o teu destino de fim de semana
nos braços circulares do mungolongolo 
nas sombras dos homens sob os kitelembes

entrega-nos o ventre branco das tuas praias
onde a gestação dos passos se interrompe
e os rituais de iniciação apodrecem

vamos dar-te o fogo do sol antigo!

libertar o teu nome de sal
dos cristais que não se formaram do teu chão
o teu corpo violado do exotismo das palmeiras
que iludem os lamentos das sereias

vamos cingir-te com panos de lemba
e expor os novos crânios que renascem
ao vento rijo das calemas

vamos fazer das tuas mortes a vida ausente

vamos dar-te o fogo do sol antigo!

Arnaldo Santos

Sem comentários: