quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Turismo I

jovens muílas dançam
batem que batem palmas.
em brevas cantos lançam
até nós, suas almas.

vibram ingenuamente
missangas nos pés delas.
para trás, para frente:
são todas ágeis, belas.

brilham nas suas tranças
ataches de latão.
belas, negras esperanças
quem vai dizer que não?

jovens muílas dançam
estendendo as palmas.
nelas, turistas lançam
tostões às suas almas.

Mário António

Sem comentários: