segunda-feira, 23 de abril de 2012

Apenas dor

este amor alucinado
já nem é sentimento
nem pecado!
é apenas dor...

tem braços de poesia,
tem olhos de ansiedade,
tem preces de silêncio
e desejos de amargor...

este amor
é apenas essência,
fragrância
que me embriaga
e me deleita.

mas é também consciência
que comigo se levanta
e comigo se deita...

Amélia Veiga


Sem comentários: