segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Noite longa

a noite é longa,
o sonho etéreo
e sem raiz...
mas sinto que a ideia
do sonho me ronda
e sou feliz!

se viesses amante,
com braços de prazer
e olhos de serpente
... amaria apenas
a minha condição de mulher...

se viesses nobre,
com rasgos de luz
e espadas de firmeza
... amaria apenas
o sentido da nobreza...

se viesses herói,
com medalhas de sangue
e cicatrizes de guerra
... amaria apenas
a terra onde caíste exangue...

se viesses puro,
com cravos nos pés
e espinhos na fronte
... amaria apenas
o teu sofrimento...

Amélia Veiga