segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Instante

o vento passou
beijando a magnólia do jardim.
docemente a beijou…

e vestida de rosa e roxo,
a magnólia sorriu, e ficou.
docemente sorriu…

o vento passou.
a magnólia floriu.

Alda Lara

1 comentário:

jorge willian disse...

Do amor o que se pode dizer se não delírios, versos, poesias.