segunda-feira, 18 de julho de 2011

Só a voz

o tempo passa veloz
e só a voz
da saudade que mata
teima em ficar
dentro de nós…

Jorge Arrimar

Sem comentários: