segunda-feira, 23 de maio de 2011

Chão

palavras para manoel de barros


apetece-me dês-ser-me;
retribuir-me a átomo.
cuspir castanhos grãos
mas garganta dentro;
isto seja: engolir-me para mim
poucochinho a cada vez.
um por mais um: areios.
assim esculpir-me a barro
e re-ser chão, muito chão.
apetece-me chãonhe-ser-me.

Ondjaki

1 comentário:

Dédalus disse...

Es increíble tu pasión por Angola.
Te felicito por tu blog.

Um abraço.