quarta-feira, 25 de agosto de 2010

É inútil chorar

é inútil mesmo chorar
“se chorarmos aceitamos, é preciso não aceitar”
por todos os que tombam pela verdade
ou que julgam tombar.
o importante neles é já sentir a vontade
de lutar por ela.
por isso é inútil chorar.

ao menos se as lágrimas
dessem pão,
já não haveria fome.
ao menos se o desespero vazio
das nossas vidas
desse campos de trigo…

mas o que importa é não chorar.
“se chorarmos aceitamos, é preciso não aceitar”
mesmo quando já não se sinta calor
é bom pensar que há fogueiras
e que a dor também ilumina.

que cada um de nós
lance a lenha que tiver,
mas que não chore
embora tenha frio.
“se chorarmos aceitamos, é preciso não aceitar”.

António Cardoso

1 comentário:

soninha disse...

O pranto alivia e representa um hino de louvor à vida que há dentro de nós.É preciso chorar e isto não significa aceitar...bjs