sexta-feira, 28 de maio de 2010

Libertação

quando soarem as marimbas
pela noite fora…
quando o muquixe vier dançar
perto das nossas cacimbas…
oh! minha máscara tchócuê!
comungaremos ambos
no mesmo tchoto,
ou nos nossos sambos
vazios de nongombe…

ah! chama, chama!
os heróis esquecidos
da nossa gente.
clama, clama!
p’los tubungo perdidos
no tempo que não foi nosso…

ah! minha máscara tchócuê!
amanhã, quando o sol raiar,
luêji, a nossa mãe, verá
novas peles nas nossas ngomas!

Jorge Arrimar

Sem comentários: