domingo, 23 de agosto de 2009

.

1 comentário:

utopia das palavras disse...

Dos poemas mais belos que se fizeram, sempre que o ouço emociono-me e este, ilustrado com fotos de uma época não tão distante como possa parecer, foi bonito de ver e ouvir...deveras!

Obrigada!
Abraço